A TILÁPIA DO NILO – Oreochromis niloticus (Linnaeus, 1758) – por Jorge Lopes "Pely"

FAMILÍA: ciclídeos.

LONGEVIDADE: 9 anos.

PROFUNDIDADE: 0 – 20 metros.

COMPRIMENTO: 60 cêntimetros.

PESO: 4,500 quilogramos.

DISTRIBUIÇÃO: é originária de África, possui grandes populações nos rios costeiros de Israel, Trewavas e Teugels, cuenca do Nilo, nos quais se inclui os lagos Alberto, Eduardo, Tana, Jebel Marra, Lago Kivu, Tanganyka e o rio Awash. Na Etiopia também se encontra con muita facilidade no sistema do rio Omo, río Suguta, no lago Turkana e no lago Baringo. Na África Oriental, a sua distribuição natural cobre as cuencas do Senegal, Gambia, nos ríos Volta, Niger, Benue e Chad. Porém a sua expansão está a nivel mundial, já que foi exportada para diversos paises com fins alimenticios, tais como Brasil, Colombia ou Venezuela.BIOLOGIA: A tilápia é um peixe bastante conhecido se falamos de términos alimenticios. Já que a seu crescimento acelerado, a alta tolerância a doenças, a carne branca de excelente qualidade e a grande capacidade de adaptação, a práticamente todos os tipos de água faz deste peixe o expôente ideal para a criação. A tilápia pode viver prefeitamente, tanto em água doce como salgada. A sua resistência a baixos niveis de oxigéneo faz de ela um dos peixes mais resistentes do mundo. Embora tenha origem africano, hoje em dia a população das tilápias pode-se considerar global!! Encontra-se numa grande variedade de habitates de água doce, como rios, barragens, canais de irrigação, lagos e lagoas. Como acontece com muitos dos ciclídios a maternidade, faz-se na boca do mãe. A fêmea põe os ovos num pequeno ninho que o macho faz na areia e depois de serem fertilizados pelo macho, a fêmea recolhe os ovos na boca até ao momento da eclosão. Esta fase dura aproximadamente uma semana. Depois da eclosão as pequenas tilápias continuam a utilizar a boca da mãe como protecção em caso de perigo. A tilápia têm essa particularidade de adaptação que permite que um 90% da prole seja capaz de sobreviver. Já que em caso de perigo ou ataque de qualquer depredador, os filhotes escondem-se no interior da boca do mãe, até passar o perigo. A femêa têm a capacidad de cargar na boca até 200 ovos sem nenhum problema. Este sistema de perservação permite, que a tilápia seja um dos peixes com maior taxa de subervivência. Esta em particular têm a capacidade procrear con outras espécies de tilápias, o que faz dela uma dos peixes de água doce com maior poder de adaptação.  Está  considerada como uma das espécies mais invasivas do planeta.ALIMENTAÇÃO: na sua fase juvenil têm um comportamento alimentício mais homenivoro, alimentando-se con frequência de insectos e larvas. Porém ao crescer a sua alimentação passa a ter uma base mais vegetal, com base de algas e detritus de todo tipo. Para a sua pesca, usa-se milho, ou qualquer otro grão de origem vegetal.

MÉTODOS DE PESCA: ao fundo,à bóia, à mosca ou spinning.

RÉCORD IGFA: encontra-se em 6,01 quilogramos e foi capturada no dia 5 de Junho de 2002, na reserva de Kariba em Zimbabwe. O afortunado foi Sarel Van Rooyen.

                                                     HOMENAGEM AOS AMIGOS


Deja una respuesta

Su dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados *

Puedes usar estos HTML etiquetas y atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

soporte@donpesca.com
Generated by Feedzy